28 Junho 2022

Portugal como Hub tecnológico: Um Centro para a Inovação

Quando queremos colocar a empresa num patamar de sucesso, a inovação e a tecnologia andam de mãos dadas. Nos últimos tempos, a aceleração digital foi inevitável e as soluções tecnológicas revelaram-se essenciais para as organizações conseguirem adaptar e otimizar as suas estratégias, oferecer produtos/serviços personalizados ou automatizar muitos dos processos.

Vivemos num mercado global, com consumidores que exigem uma resposta única, direcionada e imediata. As soluções tecnológicas inovadoras permitem um conhecimento profundo das tendências e necessidades dos clientes, de forma a criar estratégias assertivas e alinhadas com o mercado.

A par disto, Portugal tem vindo a destacar-se, a nível europeu, pelo seu ecossistema tecnológico em rápido crescimento. Startups que se tornaram unicórnios, empresas tecnológicas em ascensão, Universidades de elevada qualidade e grandes eventos trouxeram reconhecimento ao nosso país, tornando Portugal cada vez mais apelativo para empreendedores e profissionais das áreas de tecnologia.

Lisboa, mais concretamente, já é um polo líder de tecnologia na Europa e há quem aponte a capital portuguesa como sendo a nova Silicon Valley. São diversos os fatores que fazem de Portugal um país atrativo, que vão desde as elevadas competências dos profissionais, qualidade técnica, capacidades linguísticas, valor competitivo face a outros países, localização geográfica, bem como o nível de vida e de segurança aqui existente. Portugal continua a ter um custo de vida atrativo quando comparado com outros países, para além de que existem vários incentivos do governo para os empreendedores.

Assim, aqui e em qualquer outra parte do mundo, o investimento tecnológico vai continuar a ser uma realidade (e necessidade) e Portugal ser visto como um país tecnológico, inovador e empreendedor é uma vantagem.

Num mercado cada vez mais VUCA (Volatilidade, Incerteza, Complexidade e Ambiguidade) ter maior conhecimento de todos os indicadores permite adaptar a estratégia, tomar decisões mais certeiras e reagir de forma mais assertiva aos desafios do mercado.

Sem dúvida que as empresas portuguesas, tal como acontece em todo o mundo, têm apostado na inovação e na transformação digital com foco na competitividade. Podemos olhar para setores mais tradicionais, inclusive, que fazem hoje uma aposta clara no digital, como é o caso da Banca ou do Legal, de forma a dar resposta a um consumidor que também se tornou mais digital, exigente e informado.

Portugal tornou-se um centro para a inovação e trabalha-se a partir daqui para o mundo ajudando um crescente número de empresas a desenvolver e implementar soluções tecnológicas que, independentemente de maior ou menor grau de complexidade associado, têm uma elevada qualidade de entrega como requisito comum.

A aposta na qualificação dos jovens tem de continuar a ser uma prioridade, cada vez mais urgente, no despertar do interesse pelas áreas tecnológicas desde cedo, mas também cabe aos líderes desenvolver as capacidades dos profissionais de hoje, apostar na sua formação contínua, assim como criar condições favoráveis à retenção de talento.

Não há dúvidas que, neste mercado global que muda a uma velocidade impressionante, a tecnologia assume um papel preponderante nas empresas, trazendo flexibilidade, agilidade e adaptabilidade. Logo, a aposta em soluções disruptivas, traz inteligência para o centro da decisão e maiores vantagens competitivas.

O futuro é hoje e é tecnológico, e as empresas que desenvolverem e implementarem esta jornada mais eficazmente são as que se destacam com sucesso.

 

  • Artigo de opinião publicado no meio Business IT – junho, 2022

 

 José Oliveira BI4ALL
  José Oliveira         
        CEO     

 

Blog