17 Dezembro 2021

O poder dos dados no futuro

Sabias que a quantidade total de dados consumidos globalmente em 2021 foi de 79 zettabytes, um número que poderá ultrapassar os 180 zettabytes até 2025, de acordo com Statista? 

Estamos a assistir a uma profunda mudança na sociedade, no consumo e claro na forma como as empresas fazem negócios e se relacionam com os seus clientes. A pandemia acelerou significativamente a transformação digital das empresas, e é facto, que as organizações que já tinham soluções de Data Analytics e Inteligência Artificial foram as que mais rapidamente se adaptaram.

Passamos a viver mais isolados fisicamente, mas permanentemente conectados, o que se traduz em mais e mais dados a circular.

Mas, o que significam realmente estes dados para as empresas? Que utilidade têm para gerar mais oportunidade de negócio? E… Como usá-los para ter maior rentabilidade e criar estratégias vencedoras?

Se é verdade que nunca deixamos uma pegada digital tão grande, também é verdade que esses dados só têm real valor quando transformados em insights relevantes que impactam diretamente na estratégia e nas decisões de negócio.

Ninguém sabe ao certo como será o futuro, sabemos sim que caminhamos para um mundo cada vez mais digital e com mais dados a circular. Sabemos que estamos perante um consumidor cada vez mais atento, informado e consciente, que privilegia os canais digitais e que as empresas que iniciaram já a jornada digital, com uma base estratégica, estão melhor preparadas para enfrentar os desafios do hoje e do amanhã.

As soluções de Data Analytics e Inteligência Artificial são um trunfo fundamental para as empresas serem mais competitivas, inovadoras e inteligentes, trazendo um conhecimento profundo dos consumidores, uma grande melhoria dos processos, e tomadas de decisão baseadas em insights precisos e em real-time.

Hoje não há mais espaço para decisões baseadas em intuições ou longas horas a analisar dados compilados em folhas Excel. Os gestores precisam de acesso à informação precisa e atual, que reúna dados de diferentes fontes, e que permita identificar novas oportunidades de negócio, obter análises rápidas e tomadas de decisão inteligentes.

Ter uma visão a 360 graus da atividade da organização permite reduzir custos, criar estratégias assertivas e direcionar a oferta para aquilo que o cliente procura, conseguindo assim ganhar maiores vantagens competitivas face à concorrência.

Cloud, uma tendência 

Entre as tecnologias emergentes, a cloud é sem dúvida uma tendência para o futuro e que agrega muito valor às organizações com maior performance, adaptabilidade e flexibilidade.

Segundo o IDC até 2023, no mundo, todas as iniciativas de automação de TI serão apoiadas por um ecossistema de cloud em expansão para maior controlo de recursos e análises em tempo real.

A cloud traduz-se em maior rapidez e eficácia para as empresas. Além disso, as várias opções existentes democratizam o acesso das organizações, trazendo mais oportunidades com custos reduzidos.

Se antes as organizações guardavam os seus dados em data centers privados, agora têm a possibilidade de tê-los em várias plataformas seguras o que traz enormes benefícios ao negócio, trazendo inovação e melhoria de performance para o centro dos processos.

A cloud é uma ferramenta poderosa que torna os fluxos de trabalho flexíveis, custos de manutenção e armazenamento reduzidos e uma maior segurança.

As empresas têm hoje à disposição soluções tecnológicas adaptadas às suas necessidades, que lhes garantem eficiência, inovação e competitividade.

“Não é o mais forte que sobrevive, nem o mais inteligente, mas o que melhor se adapta às mudanças” – Esta frase proferida por Leon C. Megginson professor da Louisiana State University, num discurso em 1963, onde apresentava a sua interpretação da ideia central de “A Origem das Espécies” de Charles Darwin, nunca fez tanto sentido como agora. Só as empresas mais resilientes, flexíveis e inovadoras conseguirão sobreviver e destacar-se da concorrência nestes novos tempos.

Blog