22 Fevereiro 2019

Entregue poderosos insights de negócio

Num mundo de constante incerteza, onde a tecnologia está cada vez mais inteligente, e o ritmo de mudança é acelerado, a margem de erro das organizações é cada vez menor, o que significa que tomadas de decisão de elevada qualidade baseadas em insights nunca foram tão importantes.

A recolha de dados traz enormes mais valias para dentro de uma organização e é, sem dúvida, uma vantagem competitiva para o negócio. Contudo, o que faz a diferenciação, é o uso que é feito desses dados e o valor extraído dos mesmos. É preciso saber o que fazer com eles, pois informações em bruto raramente são úteis. Neste âmbito, é necessário contar com ferramentas de Analytics e com uma camada de ETL que ajudem na recolha, melhorem a qualidade dos dados, bem como na sua interpretação proporcionando a definição de estratégias assertivas para a tomada de decisões.

Hoje em dia, o volume de dados é gigante, e tende a aumentar e um dos principais desafios das empresas é justamente transformar esses dados em informações úteis para a organização. As empresas têm de estar preparadas não só para receber o crescente volume de dados, mas, principalmente, para fazer uma gestão eficaz destes dados de forma a gerar insights para o negócio.

Ferramentas de Analytics ajudam a interpretar os dados, de forma a compreender diferentes cenários de todas as áreas da sua empresa, para além de identificar novas oportunidades de negócio. Outra das muitas vantagens é o facto de poder ter, numa única visualização, dados das várias áreas, conseguindo assim uma visão total da empresa e antecipar possíveis cenários.

As mais diversas soluções tecnológicas melhoram o desempenho da organização, levando a melhores decisões e tornando os seus processos mais eficientes e otimizados. Segundo um estudo feito pela DSPA, 73% das organizações estão a dar os primeiros passos em Data Science e só 36% dos executivos sabem o que é a ciência dos dados.

Mohanbir Sawhney, influente pensador, professor e especialista em marketing refere que “Um insight é um conhecimento novo e não óbvio das crenças, valores, hábitos, desejos, motivos, emoções ou necessidades do cliente, que se pode tornar na base de uma vantagem competitiva”.

Um insight tem de ter utilidade e identificar oportunidade de negócio, inovação e decisões eficazes, dar a conhecer os seus clientes, identificar falhas ou áreas de melhoria, tendências e até desenvolver novos produtos e serviços.

Com a tecnologia certa, os insights gerados são uma ferramenta chave na monitorização do negócio, de forma a avançar com melhores decisões que terão impacto na performance da sua empresa e o colocarão em destaque face à concorrência.

De acordo com o white paper “Dados 2025”, da IDC, os dados serão a cada dia mais vitais: Em 2025, cerca de 20% dos dados globais serão críticos para o nosso dia-a-dia, e 10% serão “hiper-críticos”.  Sendo que mais de um quarto dos dados serão gerados em tempo real; 95% destes dados serão oriundos da IoT.

Hoje em dia, tomar decisões com base na intuição ou experiência é um risco extremamente grande.

É essencial que olhe para os dados como capital da empresa. Há enormes oportunidades para as empresas que reconhecem nos seus dados uma força vital para impulsionar o negócio, podendo reagir a tempo às oportunidades ou melhorias necessárias, para que a empresa se destaque neste mundo cada dia mais digital e em constante mudança.