3 Março 2017

Fazer mais com a sua Informação – Expand & Drill Data com IBM Cognos Workspace

O IBM Cognos Workspace é uma tecnologia que fornece aos utilizadores a capacidade de explorar, praticamente, todos os tipos de informação, através de uma interface dinâmica e altamente customizável. O Cognos Workspace é um produto web que permite a criação de workspaces interativos utilizando conteúdo IBM Cognos e fontes externas de informação.

Através da leitura deste artigo queremos oferecer aos utilizadores a capacidade de definir e explorar a sua informação de uma forma mais aprofundada recorrendo às funcionalidades de expand e drill. Estas funcionalidades acrescentam valor significativo aos relatórios de negócio beneficiando o processo de tomada de decisão.

Com este guia será possível:

· Conhecer e adicionar aos seus dashboards duas funcionalidades que toda a gente pode usar para responder a questões chave

· Providenciar aos consumers uma forma fácil de descobrir insights de forma a garantir o seu alinhamento na análise de informação

· Enriquecer os utilizadores com mais formas de responder rapidamente a alterações no seu segmento de negócio

Público-Alvo

Com este documento queremos providenciar uma forma de melhorar os dashboards que já desenvolveu ou que pretende desenvolver no futuro.

A utilização deste guia pressupõe que o utilizador tenha experiência na utilização de browsers, elaboração de reports e domínio de conceitos básicos IBM Cognos, assim, com a sua própria instalação IBM Cognos Workspace, deverá ter em consideração que o aspeto da user interface, as funcionalidades e ações que pode ou não realizar, dependem do conjunto de permissões que estão atribuídas ao seu utilizador.

Um utilizador com a capacidade de criar um workspace pode criar workspaces e adicionar widgets, ao passo que um utilizador apenas com a capacidade de consultar um workspace não tem estas funcionalidades disponíveis.

Funcionalidade de Expand e Collapse

Uma das funcionalidades mais requisitadas no Cognos é a capacidade de expandir e colapsar informação. Existe uma solução em JS (Java Script) que funciona para as linhas mas necessita que toda a informação esteja pré-carregada. Se estivermos a falar de um universo de dados que contenha imensos membros, o report vai naturalmente ficar lento, o que prejudica a sua performance. Neste momento, conseguimos expandir membros no próprio Workspace. Quando esta feature foi disponibilizada, o feedback geral não foi bom, dado que era uma operação lenta e geralmente difícil de utilizar. Hoje em dia, posso dizer que funciona bastante bem.

Ativar Ícones de Expand e Collapse para colunas e linhas numa crosstab

Esta atividade deverá ser efetuada por um administrador que tenha permissões para alterar a app IBM Cognos Business Intelligence na secção IBM Cognos Administration.

Ao ativar esta funcionalidade vamos garantir a possibilidade de, numa crosstab, expandir uma coluna ou linha de forma a consultar os detalhes que compõe a nossa informação. Podemos assegurar que esta feature se encontra disponível seguindo o procedimento abaixo:

1. Na secção “Cognos Administration”, na tab de configuração, clicar em “Dispatchers and Services”

2. Clicar em “Set Properties – Configuration”

3. Clicar na tab de “Settings”. Na categoria “Environment”, encontre as “Advanced Settings” e clique em ”Edit”

4. Na página de configuração em “Set Advanced Settings”, crie um parâmetro que terá o nome “VIEWER_JS_EXPAND_COLLAPSE_CONTROLS_DEFAULT”

5. O valor do parâmetro pode ser definido de acordo com as indicações abaixo:

5.1 Se pretender que os controlos de “Enable” e “Expand” estejam visíveis para os widgets e que estes estejam habilitados por defeito em todas as crosstabs, colocar o valor a “on”.

5.2 Se pretender que os controlos de “Enable” e “Expand” estejam visíveis para os widgets mas não pretenda que os mesmos estejam habilitados por defeito em todas as crosstabs, colocar o valor a “off”.

5.3 Para remover a possibilidade de usar os ícones de “Expand” e “Collapse”, pode simplesmente apagar o valor do parâmetro.

6. Clicar em “Ok”, e “Ok” novamente.

Após este procedimento, estamos em condições de expandir e colapsar tanto as colunas como as linhas de forma a ver os detalhes da informação:

 

Funcionalidade de Drill

IBM Cognos Workspace suporta várias operações de drill de forma a permitir a análise da informação relacionada. É possível efetuar drill em listas, crosstabs e charts.

¹ Efetuar Drill numa representação multidimensional de dados, basicamente significa que estamos a aceder à informação começando por uma categoria geral navegando para cima ou para baixo na hierarquia de informação. Por exemplo, de anos, para semestres, para meses (drill down) ou de meses, para semestres, para anos (drill up).

² Outra forma de efetuar drill aos dados é navegando de um report para outro (drill-through).

No IBM Cognos Workspace, para listas e crosstabs, os itens que suportam a atividade de drill estão identificados por hyperlinks quando o cursor para em cima do data item.
Nos charts, o cursor muda para uma mão quando o paramos em cima de um item drillable, surgindo também uma tooltip que indica aquilo que estamos aprofundar.

Um aspeto importante a ter em consideração é que no Cognos Workspace, apenas é possível efetuar drill em sets de informação estruturados dimensionalmente.

Adicionalmente, na versão 10.2.1 e superior do Cognos Workspace, os dashboards têm a capacidade de reter a sua formatação e características de agrupamento quando efetuamos a operação de drill.

Se por acaso pretender utilizar o método de drill usado em releases anteriores, o seu IBM Cognos Administrator terá que criar um novo parâmetro de nome “VIEWER_CW_BACKWARDS_COMPATIBLE_DRILL” e colocar o seu valor a “true”. O método para criar este parâmetro é em tudo semelhante ao que usámos anteriormente, pelo que poderá consultar todos os passos no capítulo anterior (“Funcionalidade de Expand e Collapse”).

¹ Drill Down & Up

Existem duas formas distintas de aplicar a operação de drill up e (ou) down a um widget específico:

1. Antes de começar, no report, o report author deverá assegurar que o drill-up, drill-down, ou os dois, estão ativos:

Procedimento

1.1) Adicionar um report ou uma componente do mesmo ao Workspace.

1.2) Botão direito no report item em que pretende efetuar o drill e clique no icone “Drill Up” ou “Drill Down”.

2. Sincronização automática do drill up e drill down. Se dois widgets se “ouvirem” um ao outro (listening on), estiverem na mesma dimensionally-modelled data source e contiverem itens da mesma hierarquia, a atividade de drill num widget afeta o outro.

Por exemplo, quando fazemos drill down no item “Lisbon” num report widget, a informação da cidade “Lisbon” aparece em todos os reports. Isto acontece porque, por defeito, a comunicação entre widgets está ativa. É possível desligar a comunicação entre os widgets que não interessam e deixar apenas ativos aqueles que fazem sentido:

² Drill-Through

Tal como referido anteriormente, navegar de um report para outro, de forma a obter informação mais detalhada, é também uma forma de drill.

Por exemplo, se consultamos um dashboard que representa a performance da nossa organização, podemos querer aceder a uma visão mais detalhada desta informação que simplesmente não encaixa num dashboard de resumo. Ao utilizar esta funcionalidade (Drill-Through) podemos “saltar” deste mapa inicial para outro que contenha a informação acerca dos departamentos que compõe a organização. Se por acaso pretendermos ainda mais insights, por exemplo, acerca dos colaboradores que estão nesses mesmos departamentos, podemos efetuar um novo drill para outro report que terá informação detalhada acerca dos trabalhadores.

É possível navegar de um report object para os seguintes:

· IBM Cognos Query Studio report

· IBM Cognos Report Studio report

· IBM Cognos Analysis Studio analysis

· IBM Cognos Series 7 report

· Microsoft Analysis Services report

Apesar de, a funcionalidade de drill-through estar ativa de forma standard, é possível ativar ou desativar a mesma na interface abaixo:

Procedimento

1) Adicionar um report ou uma componente do mesmo ao Workspace

2) Botão direito no report item do qual pretende navegar e clique em “Go To”

Se houver apenas um target possível para a navegação, aparece no studio para onde o drill está autorizado a ir.

Se houver mais que uma possibilidade, a página “Go To” surge, disponibilizando os targets disponíveis.

3) Clicar no target para o qual se pretende navegar. O report alvo surge no IBM Cognos Viewer.

.

.

.

.

    Rui Gonçalves
       Consultant